Acesso à internet através da energia solar

Por meio do projeto, em novembro de 2016, os moradores de São João tiveram acesso à internet pela primeira vez. Antes disso, tarefas simples, como emitir uma nota fiscal, eram verdadeiros desafios.Instalado na sede do Teçume da Amazônia, grupo que há 15 anos produz peças de cestaria e outros produtos artesanais, o computador com ponto de acesso à internet para uso coletivo funciona através do sistema de energia solar da comunidade.

O sistema, formado por placas solares posicionadas no telhado do Teçume, um gerador fotovoltaico, inversor (que transforma corrente contínua em corrente alternada) e um banco de bateria (que armazena energia durante o dia para ser usada à noite) tem autonomia de cerca de dois dias e meio e promete uma grande mudança em São João do Ipecaçu.

Atualmente, a comunidade de 167 pessoas, 40 casas e uma escola de ensino básico à margem do rio Coraci depende quase exclusivamente da energia termoelétrica para conseguir luz via geradores movidos à óleo diesel. A eletricidade é ligada todos os dias às 18 horas e dura até às 22h, tempo para atividades domésticas, como assistir televisão e também para o estudo. O diesel representa um gasto mensal de 3 mil reais, dividido entre todas as famílias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: