Bacia Amazônica, a maior do planeta

Bacia hidrográfica ou fluvial é uma parte do espaço terrestre cortada por um rio principal e seus respectivos afluentes. A maior bacia hidrográfica do Brasil (e do mundo) é a Bacia Amazônica, que é constituída por todos os rios, córregos, ribeirões e demais cursos de água que deságuam no rio Amazonas.

Ela não abrange somente parte das terras brasileiras, mas também porções dos territórios do Peru, Colômbia, Equador, Venezuela e Bolívia, ocupando 7 milhões de quilômetros quadrados.

No Brasil essa bacia abrange 4 milhões de quilômetros quadrados, envolvendo sete Estados, são eles: Acre, Amazonas, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Pará e Amapá.
O rio principal da bacia, o Amazonas, é o maior do mundo, ele nasce na cordilheira dos Andes (Peru) e quando entra no Brasil é intitulado de Solimões. A confluência do Solimões com o rio Negro constitui o Amazonas.

Dentro da bacia em questão é identificado um enorme potencial para geração de energia elétrica, uma vez que muitos afluentes do rio Amazonas possuem características que se adéquam às condições básicas para a construção de usinas hidrelétricas.

Outra potencialidade encontrada na Bacia Amazônica é a viabilidade para o transporte fluvial, tendo em vista que a topografia é plana e a maioria dos rios são caudalosos, sendo o principal meio de deslocamento e de comunicação da região Norte. O rio Amazonas e grande parte de seus afluentes são navegáveis.

amazon_ciat_2

O transporte hidroviário representa um dos principais meios de comunicação, isso porque outro tipo de transporte não é viável; a construção e conservação de rodovias esbarram: no elevado índice pluviométrico e também nos enormes vazios demográficos presentes na região.

A bacia mencionada exerce uma grande importância para o sustento de muitas famílias ribeirinhas que vivem da pesca nos diversos rios contidos nela. Diante dos dados apresentados, é inegável a imensa importância que a Bacia Amazônica representa para o Brasil e até mesmo para o mundo, especialmente para o povo local. Nela se concentra 18% da água doce do planeta. Dos maiores rios brasileiros, apenas quatro não fazem parte da bacia (Rio Paraná, São Francisco, Rio Paraguai e Rio Uruguai).

Veja, a seguir, a relação dos principais rios brasileiros e suas respectivas dimensões:

Rio Amazonas (6.992 km), Rio Paraná (3.942 km). Rio Madeira (3.315 km), Rio Purus (3.400 km), Rio São Francisco (3.180 km), Rio Tocantins (2.700 km), Rio Araguaia (2.625 km), Rio Paraguai (2.621), Rio Japurá (2.615 km), Rio Juruá (2.410 km), Rio Xingu (1.870 km), Rio Parnaíba (1.850 km), Rio Tapajós (1.784 km), Rio Uruguai (1.770 km) e Rio Negro (1.700 km).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: